Mate: Por Que Ajuda a Emagrecer?


O consumo de mate foi estendido em muitos lugares do mundo, não só por seus usos medicinais, mas sim por se tratar de um interessante complemento para enfrentar o sobrepeso. Ainda que não seja tão popular como muitas outras plantas emagrecedoras, seu preparo em infusão se transformou no aliado de centenas de pessoas que procuram eliminar a gordura.

É que, apesar de não se tratar de um produto “milagroso” ou similar, sua inclusão na dieta regular pode servir como “impulso” para aqueles que têm um metabolismo lento.

O que o torna tão especial? Como se prepara? Sabendo que muito desejam prová-lo, nesta oportunidade queremos compartilhar todas as suas propriedades.

O que é a erva mate?

A erva mate é obtida das folhas secas da planta Ilex paraguariensis. Trata-se de uma bebida tradicional da America do Sul que também foi chamada “a bebida dos deuses”. Tem um leve sabor amargo, a erva fresca, similar ao que tem o chá verde. Em muitas culturas se serve em uma cuia que funciona como recipiente, ao qual lhe é dado seu mesmo nome.

Propriedades nutricionais

Os nutrientes contidos nesta erva são os que beneficiam a saúde e o peso. Ainda que muitos pensassem que se tratava de um simples “acompanhante” líquido, na realidade é um alimento de alto valor nutricional.

Deste se pode obter:

  • Vitaminas (A, do grupo B e C)
  • Minerais (cálcio, ferro, magnésio, sódio, potássio)
  • Mais de 10 aminoácidos essenciais
  • Ácidos graxos
  • Carotenos
  • Polifenois
  • Taninos

O quanto essa erva ajuda a emagrecer?

Preparado em infusão pode acompanhar o café da manhã ou um lanche. Assim, ao longo do dia, suas propriedades estimularão funções determinantes para combater o sobrepeso.

  • Tem propriedades diuréticas e depurativas

Por seu alto teor de minerais e compostos antioxidantes, a erva-mate estimula o funcionamento dos rins e do fígado para desintoxicar o corpo. Estas propriedades contribuem no processo de eliminação de toxinas e líquidos, fatores que influenciam no metabolismo lento.

  • Aumenta o gasto energético

Ainda que seu teor calórico seja mínimo, a bebida de mate aumenta o gasto energético e melhora o rendimento físico e mental. É ideal para impulsionar o rendimento esportivo e aumentar a queima de calorias.

  • Controla o apetite

Um de seus efeitos mais importantes para emagrecer é sua capacidade de “enganar” ao estômago, prolongando a sensação de saciedade. Seu consumo habitual diminui essa ansiedade que nos leva a comer mais do que deveria.

Como tomar mate para perder peso?

A bebida de erva-mate é uma tradição pré-colombiana dos indígenas guaranis e populações da Argentina, Bolívia, Uruguai e Chile. Nestes lugares ocorrem variações da planta, ainda que sejam da mesma família.

A tradição é beber a infusão quente em um recipiente chamado “cuia”. Porém, dada a sua extensão, muitos começaram a prepará-la em casa com uma receita básica.

Ingredientes

  • 1 xícara de água (250 ml)
  • 1 colher de sopa de erva-mate (15 g)

Modo de Preparo

  1. Coloque uma xícara de água para esquentar.
  2. Quando estiver fervendo, diminua o fogo e adicione uma colher de sopa da erva-mate.
  3. Retire a bebida da fonte de calor, deixe repousar por 10 minutos e coe.

  • Ingira uma xícara de infusão durante ou depois do café da manhã.
  • Consuma por pelo menos 3 vezes na semana.

Nota: evite usar açúcar ou adoçante artificiais.

Contraindicações

A erva mate tem muitos benefícios; apesar disso, é importante tomá-la com precaução e sem cair em excessos.

Não se recomenda para mulheres em estado de gravidez ou lactação.

Não deve ser ingerida por pessoas que consomem álcool ou cigarro.

Pode piorar os casos de diarreia.

Pode complicar o controle dos níveis de glicose. Portanto, não é aconselhável para diabéticos.

Contém cafeína, por isso pode causar insônia.

Alguns de seus compostos afetam a absorção de ferro, por isso não deve ser tomada em casos de anemia ferropénica.

Consumida em quantidades excessivas pode afetar o funcionamento do fígado.

Se desejar aproveitar os benefícios que a erva-mate oferece, não deixe de tomá-la seguindo as recomendações dadas.

FONTE:

Melhor com Saúde

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF